Crônicas de um Calvo

Crônicas de um Calvo

Uma História de Perda do Cabelo

Meu problema de perda do cabelo começou quando tinha 19 anos. Sim, nessa idade, muito jovem é verdade. Quando era criança sempre me imaginei usando o cabelo longo e vigoroso como os cavaleiros dos filmes. Eu não sei o que era, mas tinha essa obsessão com meu cabelo e de como poderia chegar a ficar. Mas meu cabelo definitivamente não era o melhor e meu colégio não permitia usá-lo longo. Resolvi esperar até acabar o colégio para assim finalmente poder deixá-lo crescer. Quando finalmente consegui tê-lo longo, em pouco tempo, começou a cair.

Fui ao salão de beleza tratando de buscar uma solução e imediatamente meu cabeleireiro me disse que eu estava sofrendo com perda de cabelo e que baseado em sua experiência ia ser dramático.
Chorei impotente no salão de beleza. Aquele sonho de poder levar um rabo de cavalo se despedaçava em segundos. Voltei ao salão e solicitei um corte que não comprometesse o comprimento do cabelo. Esperei um milagre, mas ele não chegou. Nesse momento não sabia absolutamente nada sobre os produtos para prevenir a queda do cabelo, nem as tecnologias como a que usa a Hairatin. Os anos seguintes se foram sem poder alcançar aquele look que tanto desejei. Em menos de 3 anos meu couro cabeludo estava exposto em cerca de 65%.

Tive uma conversa interna para entender que estava destinado a ser um homem calvo. Ainda que nem eu mesmo acreditasse nisso, um milagre aconteceu. Ouvi sobre um Doutor que aparentemente era um “mago” do cabelo. Assim era como se referiam a ele. Pedi um encontro com o Doutor Cabelo e quando cheguei no seu escritório ele me perguntou: “Além da evidente perda de cabelo, há algo mais em que possa lhe ajudar? ” Isso me fez rir, mas na realidade ele tinha a solução. Nesse momento eu tinha 23 anos e a possibilidade de ter meu cabelo novamente era quase como um conto de fadas.

Comecei meu tratamento: uma combinação de Finasterida 1% mais Minoxidil junto com outros nutrientes. É um hormônio e um tratamento tópico. Coloquei nele toda minha fé e depois de um ano já tinha quase 80% do meu cabelo novamente. Era muito bom para ser verdade, mas era real. Por outro lado, os tratamentos hormonais têm efeitos secundários que são indesejados, neste caso o Minoxidil é bastante agressivo com o couro cabeludo tornando-o excessivamente sensível.

Também pude notar dois pontos calvos pertos da minha testa. Quando era criança eu puxava o cabelo dessas áreas fazendo com que os folículos se tornassem fracos, resultando que quando meu cabelo cresceu novamente, esses pontos já tinham os folículos mortos. Estava fazendo de tudo para cobrir estes pontos. Como gostaria de ter uma garrafa de Hairatin naquele momento.

Continuei tomando os hormônios e aproveitando uma cabeça com 80% de cabelo até que não pude mais aguentar a escravidão e os efeitos secundários do tratamento. Um dia decidi que cortaria o cabelo bem curto. Os pontos permaneciam ali, mas me penteava de uma forma que pudesse tapá-los. Depois de um ano perdi o cabelo que havia conseguido com o tratamento, então comprei uma máquina de cortar cabelo e praticamente cortei todo o cabelo sem remorso.

O ponto desta história é que a queda do cabelo pode ser agressiva e rápida ou pode ser lenta. Tive a experiência de viver os dois cenários até que aceitei minha situação. De todas as formas, é interessante ver como tem avançado a tecnologia para dar espaço a produtos como os da Hairatin, que podem devolver-lhe essa confiança que existe quando se tem um cabelo saudável. Sou um calvo, mas voltando no tempo, eu teria usando estes produtos sem dúvida alguma. Acho que vou ter que esperar até minha próxima vida.

X
WhatsApp chat